Carnaval | Diário Corumbaense | 15/01/2018 11h18

Regulamento da Liblocc prevê até desclassificação para bloco que atrasar desfile

Compartilhe:

O regulamento da Liblocc – Liga Independente dos Blocos Oficiais do Carnaval de Corumbá aprovado para o Carnaval 2018 traz teor bastante severo quando ao cumprimento de horários e tempo de desfile. Conforme já adiantado ao Diário Corumbaense pelo presidente da Liblocc, Catarino Oliveira, a medida visa encerrar os desfiles em tempo similar ou menor que o do carnaval passado, de maneira que possbilite o início do baile popular na praça Generoso Ponce.

“Estamos nos empenhando para essa questão do horário, vamos manter esse rigor para todo mundo”, avisou o presidente ao lembrar que apenas o primeiro bloco a se apresentar é que terá uma tolerância de 15 minutos para início do desfile.

O regulamento prevê que assim que o som for aberto, o bloco terá até 5 minutos para iniciar seu desfile. Entre o tempo de 6 e 10 minutos, perderá 1 ponto por cada minuto atrasado. Se ultrapassar os dez minutos de atraso, o bloco será desclassificado da competição.

As sanções terão reflexo também para o próximo carnaval, já que o bloco excluído por atraso será retirado dos recursos recebidos por parte do Poder Público, a quantia de mil reais. Esse valor será dividido entre os demais blocos concorrentes. Além disso, o excluído por atraso abrirá o desfile de 2019.

Pelo regulmento válido para 2018, o tempo de apresentação de cada entidade foi mantido em 35 minutos. Se o bloco exceder esse intervalo de tempo, perderá um ponto por minuto atrasado no encerramento do desfile.

Um corpo de jurados irá avaliar quatro quesitos com notas entre 8 e 10, sendo eles: melodia, harmonia, evolução e bateria. Em caso de empate, será considerada a maior nota nessa mesma ordem de quesitos.

Os integrantes dos blocos oficiais ficam proibidos de usar camisetas durante o desfile. A exceção é para membros da diretoria e da bateria. O descumprimento traz como punição a perda de 1 ponto no somatório das notas. Apenas os blocos Flor de Abacate e Afro Samba Reggae estão autorizados a terem intregrantes de fantasia na avenida, já que essa vestimenta está associada à origem das entidades carnavalescas em questão.

Também fica vedada a utilização de propaganda política durante o desfile, cuja penalidade prevista é a desclassificação do bloco.

É facultativo a cada entidade, a apresentação de um carro abre-alas com dimensões máximas de 4x4 metros, e que seja empurrado sem artifícios motorizados. A perda de um ponto está prevista no regulamento caso algum bloco não cumpra com o determinado.

Também é passível de punição com perda de 1 ponto, o bloco que não apresentar letras e músicas inéditas. Caso algum bloco deseja se apresentar com algum samba que já passou pela avenida, deverá manifestar a intenção junto à Liga até 30 dias antes do desfile.

O número mínimo de componetes por bloco é de 300, quantidade que pode ser reduzida para 200 em circunstância de chuva torrencial. De maneira contrária, número inferior ao mínimo ocasionará perda de 1 ponto.

A concentração dos blocos será na rua Frei Mariano, entre as ruas Dom Aquino e 13 de Junho, já a dispersão se dará na rua Major Gama esquina com a avenida General Rondon.

Pela programação tradicional do carnaval corumbaense, o sábado é dedicado ao desfile dos blocos oficiais. Este ano, a data cairá no dia 10 de fevereiro.

Veja a ordem do desfile dos Blocos oficiais para o carnaval 2018:

1 - Oliveira Somos Nós

2- Afro Samba Reggae

3 - Flor de Abacate

4 - Os Intocáveis

5 - Nação Zumbi

6 - Águia da Vila

7 - Arthur Marinho

8 - Bola Preta

9 - Vitória Régia

10 - Clube dos Sem

11 - Praia Bola e Cerveja

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS